Dicionário Potiguar

Cabra posudo é gabola Otário é abigobel

O chato é galado Puxa-saco é xeleléu

Moça nova é boyzinha Mulher solteira é caritó

A que é galinha é enxerida Lança perfume é loló

Ponta de cigarro é piúba Bordel se chama beréu

Longe é a casa de pantanha É também a casa de chapéu

Quando é muito, se diz ruma Se tá folgado é folote

Coisa pouca é um tico Uma turma é um magote

Papo furado é aresia Nêgo insistente é prisiaca

Se for pior se diz frechado Catinga de suor é inhaca

Sujeira no olho é remela Toca-disco é radiola

Meleca é caraca ou catôta Peido se chama sola

Tamanho, estatura é tope Objeto pequeno é pichititim

baixinho é tamborete de forró Ameaça pode ser pantim

Nego alto é galalau Botão de som é pitôco

Se é muito miúdo é pixotinho Se for resto é catôco

Tudo que é bom é massa É arretado, é de primeira

Tudo que é ruim é peba mas também pode ser reiêra

Rir dos outros é mangar Mexer o quarto é mengar

Quem observa, fica cubando Já faltar aula é gazear

Quem é pálido é empaleimado Quem é franzino é xôxo

O bobo se chama leso E o medroso de chama frouxo

Ta com raiva é invocado Vai sair, diz vou chegar

"Cabra"sem dinheiro está liso Dar um amasso é sarrar

Pernilongo é muriçoca Chicote se chama açoite

Entrou sem licença emburacou sinal de espanto é vôte

O voador é bizonho Ta de fogo, ta melado

O surdo se diz, mouco Quem tem sorte é cagado

Pedaço de pedra é xêxo Quem não paga é xexêro

O mesquinho é amarrado Quem dá furo é fulêro

Sujeira de olho é remela Papo furado é aresia

Nego insistente é prisiaca Se quer apressar diz, avia

Manchaa de pancada é roncha Briga pequena é arenga

Perfomance é munganga Prostituta é quenga

Bola de gude é biloca Fofoca é fuxico

Estouro é pipôco frinfa, anel de couro,

lata de doce,fresado,zéguedê
Que aqui todo mundo sabe o que é,
Aqui todo mundo vai entender

Comentários

Mais lidas